sexta-feira, 26 de junho de 2009

Cartas trocadas com o meu bom amigo AE...

Maldito bendito (?) 12º Ano nas Novas Oportunidades...Dilema a preocupação com o meu recente e bom amigo AE! Sinceramente suspeitava que andava triste. Senti a forma como se despediu de mim pelo jeito carinhoso como me tocou, algo doce, meigo a pedir cólinho... Desculpe a ousadia, mas senti que precisava falar. E agora perante o que li, é real. Maldito o diploma, porquê? Quer desabafar? Mas é assim tão grave? AE, por favor, diga-me se posso ajudar? Fiquei tão triste, que as lágrimas brotaram.

Obrigado Isa se tiver oportunidade, para a semana vou ter consigo à escola e conversamos um pouco,
talvez ao desabafar , me faça bem. Para já preciso mesmo é de estar só ou ocupado, muito ocupado para não pensar.Não era minha intenção preocupa-la, aproveitei só para dar um grito, junto de alguém que me pode ouvir e escutar. Procurei apoio, talvez ate colinho como diz , mas não quis transportar os meus problemas . Precisava muito da visão de uma mulher para uma situação que abalou a minha vida, mas acabei por não ter coragem, achei que conseguia resolver. Mas...para já, obrigado pelo apoio se tiver oportunidade,diga-me, que eu a procurarei mais não seja para um pouco de boa companhia. 

- Estarei sempre disponível para ouvir, ajudar, o que for preciso.Se mandar um beijinho, ajuda?...Então multiplique por mil, seja o jeito de o sentir sorrir. Vá à praia, relaxe, por entre os óculos escuros pode chorar, ninguém vê, vai sentir-se melhor. Acredite! Fugir, evitar pensar, só atrasa o problema.

É bom ler as suas palavras foi bom consigo conviver e "estudar", foi bom ter conhecido a Isa, de facto, sorrio ao ler os seus mails, as possibilidades de nos ver-mos na praia são nulas, uma vez que neste momento evito tudo e todos. Procuro ocupar a maior parte do tempo com algo que me impeça de pensar. Se não fosse por ter ganho um amigo, desejava nunca ter voltado à escola. A vida por vezes tem armadilhas espalhadas no nosso caminho, por vezes prega-nos partidas (e infelizmente quando não se espera), quando nada o faz prever, quando menos estamos preparados, somos lançados ao chão. As coisas más nunca avisam. Levantamo-nos, erguemos a cabeça e seguimos em frente. Porem quando caímos e ficamos subterrados, quando ainda assim nos queremos de novo levantar , nos impedem de o fazer, Isal, é como se o mundo acabasse... 

-Que grande dilema vai na minha alma.A grave situação em que mergulhou o meu amigo AE.Que desespero, meu Deus!Aflito, perdidas as esperanças numa reconciliação, o pior ainda está para vir!
Disse-me ...já senti o que é morrer, estando vivo. De rastos, não sabe conviver com a situação inesperada, atonto tudo tentou...mas ela irredutível, fria, segura, audaz...fez a coisa premeditada!
Interrogo-me, como é possível ser-se tão cruel? Nem sequer aceitar a hipótese de uma fuga para a sós conversar, analisar, chorar, desculpar...encantar...amar...como se fosse a primeira vez!

Tenho enviado mails , prova que não esqueço a minha mana de que tanto gosto, se não tenho escrito é só por falta de um cadinho, pois quando o tenho, aproveito para almoçar aqui com a malta ou tentar fazer algum desporto. Quero vê-la, num destes fins de semana que seja "o meu",temos de tomar um café. As suas melhoras Isa e um óptimo fim de semana. Quero ve-la na faculdade por isso , FORÇA, para a semana tento falar consigo com mais calma. Mas por favor,caso eu não escreva, não deixe de o fazer.Quero muito manter a nossa amizade.

Resquícios de emails....
O regresso às aulas, acabou por acelerar a situação que agora vivo.Fez com que o meu divórcio viesse a acontecer.Tudo foi afinal meticulosamente calculado e programado, com alguém. Mas...o melhor da escola,
O melhor que as novas oportunidades me deram e trouxeram, não foi um diploma, não foi mostrar e provar aos meus filhos que nos devemos sempre aplicar nas devidas alturas, mas que também nunca é tarde para nada ( ou pelo menos quase tudo) o melhor mesmo, foi uma amiga.
Hoje digo, obrigado à minha ex , pois se não nos tivéssemos divorciado, não tinha estas conversas consigo, não teríamos aprofundado a nossa amizade,e não sabia que afinal tanta gente se preocupava e reparava em mime mais, não tinha vivido esta sensação maravilhosa que foi o encantamento por alguém, o estar enamorado, o vencer as duvidas de tudo isso, e das circunstancias, e finalmente estar apaixonado ao ponto de como diz até não ter vontade de comer e perder o sono.É óptimo, sinto-me vivo, e Deus permita que venha a ser correspondido.Para tudo isto foi também importante o seu apoio e as suas palavras.
Existem duas pessoas a quem nunca conseguirei deixar de dizer-, Obrigado, a Isa é uma delas.
Temos de tomar nosso cafezinho para lho dizer ao vivo.

14.04.2010
Querida amiga mana :o) a Páscoa foi de facto mais uma. Não deu para fazer nada e foi pois e quase um dia como os outros. Só de ler o que escreveu sobre o leitão,fiquei com agua na boca. É de facto uma mulher multifacetada,prendada,desenrascada,tudo...é uma mulher completa. A minha Carlinha esta a recuperar muito bem,mas continua limitada ate final do mês. Depois, o medico dirá como vai ser a segunda fase . Sei que já me disse como fazer para anular esta renda do computador, mas não sei o que fiz a esse seu mail :o(
sei isso sim porque cheguei a perguntar,que tem de ser tratado por si :o( pois esta em seu nome ) mais uma maçada que lhe fico a dever.Mal a Carla possa andar sem problemas, vamos passar uns dias a essa banda, e faço questão de a apresentar à minha mana :o) O trabalho esta numa fase de muita aplicação,pois muita coisa se alterou e esta na iminência de mudar. Está a fazer um ano que a minha vida sofreu um terramoto,e desde então aprendi a viver um dia de cada vez e a acreditar que amanha, pode ser melhor, Que amanhã pode acontecer algo de bom. Por isso hoje é hoje e amanha ...
Um beijinho para si Isabel,e tudo de bom para si é o que lhe desejo. *
.................................

Olá mano mais novo
Espero que esteja bem, assim como as melhoras da Carla estejam de "vento em poupa".
Que o pior já tenha passado.
Também que a vossa primeira Páscoa tenha sido especial, apesar de nada ter dado para fazer de diferente....eheheh...
Quanto a mim correu tudo de feição, como planeado.
Apareceu o sol e com ele os meus devaneios nos jardins, fui à serra apanhar alecrim e semeei batatas no quintal da minha mãe.
Sou uma mulher multifacetada.
Correu tudo lindamente. O leitão regado com espumante Messias bruto soube a pouco. A minha irmã ao abrir a garrafa soltou-se uma enxurrada de vinhaça pela toalha branca...e depois eu é que tive de lavar.
De resto tudo óptimo. Cá estou novamente. Hoje estive todo o dia na Companhia em formação. Venho maçada, o calor apertou de repente.
E para a mana mais velha
vai um*
e votos de bom almoço.
..............................

E o nosso jantarinho?E os seguros? E a escolinha?
Malandrice, estávamos em sintonia ao mesmo tempo.
Acabei de lhe enviar um email que, apenas interrompi para atender o meu director dos seguros.
Precisamente perguntava-me porque não falava com os meus amigos.
A açoriana desta vez vai à falência na Madeira, confessou.
Encontrei o CG, a semana passada, fui tomar um cafezinho com ele, também se mostrou disponível.
Falta-me falar com o LJ, anda a meu ver outra vez desvairado, o costume.
Ontem fui buscar os impressos para a candidatura ao exame à faculdade.O meu amigo Manel, historiador vai ajudar-me nas matérias a estudar.
No dia 6 de Março vou à festa da Companhia na Batalha, a Convenção. Vai ser um dia diferente.
Pronto, vou comer um queijinho fresco, ontem abusei do bolo de chocolate( por dentro é mousse) que fiz no domingo.
Bom almoço
*
............

Para a minha mana mais velha um beijinho de bom fim de semana
Hoje é telegráfico, mas fiz questão de recordar , que não a esqueço.
:o) hoje trabalhou-se, fez-se serão, mas agora vou embora.
...............................

Confesso que adorei a mensagem telegráfica.
No imediato transportou-me até às vivências da minha infância.
A minha mãe era funcionária dos correios e na altura o sistema telefónico era arcaico, um PBX.
Só funcionava até à meia noite, eu, pequenita acompanhava-a para lhe fazer companhia. Dormia no chão, ainda consigo sentir o cheiro das tábuas velhas e o cheiro a pó dos papéis.Do que me recordo mais:Relógio da Reguladora a dar as 12 baladadas, do barulho da chave enorme a rodar na fechadura da porta,das ruas vazias, do escuro, do medo dos ladrões, ao largo do Ribeiro da Vide revirava a cabeça em todas as direções, para os plátanos, de braço dado com a minha mãe a caminho de casa a rezar- "eu vou com Jesus, Jesus vai comigo" ; Fui habituada que o telefone só serve para avisar:, estou bem, mal, doente, morreu...Forma estranha de dizer que não servia para se brincar e namorar.Coisas da minha idade, adoro deambular pelo passado.Distrai-me.Até me fez sorrir neste dia de inverno, cansada de tanta chuva.
Espero que o meu amigo esteja bem, assim como a companheira, claro.Que nunca acabe o romance entre vocês.Distraiam-se, agora muito cansaditos com as mudanças.
Já fui buscar os impressos para a inscrição do exame de acesso à faculdade.Agora tenho de ir renovar o cartão do cidadão.Mas o frio rebentou-me o lábio...desculpas para a fotografia.
Ainda esta semana tenho de ir até Lisboa para o tirar. A minha filhota veio passar o fim de semana cá a casa. Foi muito bom.Espero que os seus filhotes também estejam bem.
Pronto são as novidades.
Bom trabalho e outras coisas boas, que merece.

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog