sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Conversa com o primeiro amigo virtual..JM


...Não, eu quando quero alguma coisa começo a ser muito prestável meigo,carinhoso enfim tudo nessa base...pois, realço o teu carisma de boa disposição, gosto pelas coisas boas da vida, aventureiro quanto baste, com intimo bom, amigo do seu amigo, fiável, desenfreado à procura de algo que por ter tantas dúvidas e incertezas, nunca estarás por certo satisfeito. Estarei certa? Totalmente certa ,adorei essa tua observação durante o tempo que trocamos conversas soltas, vejo que te dedicaste ao estudo do meu comportamento social e mental. Sabes que és um amigo virtual, o único por sinal -,e aos poucos tomas um lugar especial nos meus relacionamentos. 
  • Logicamente se fosses "vazio" não estaríamos aqui a conversar.Olha tu também és uma amiga virtual que eu tenho, mas muito especial.Adoro-te. Tenho por ti uma admiração muito grande.A ponto de até em tom irónico dizer que estás no top das minhas melhores amigas. Mas na verdade é que estás mesmo.Adoro falar para ti, tenho aprendido a cada momento contigo coisas que eu considero muito importantes, para a nossa vida pelas coisas que a vida nos ensina,e, que por vezes só nos é possível descortinar quando temos alguém do outro lado com capacidade para nos dizer que a vida não tem só coisas boas,mas também que tem por vezes muitos espinhos. Desculpa se foi enfadonho o meu raciocínio....
Claro que não. Adorei saber. Só veio corrobar a demonstração dos afectos que distribuo gratuitamente a quem mos pede. Ainda hoje tive um amigo que conseguiu encontrar rumo e um novo amor com a minha insistência de lhe abrir a cabeça conservadora. Outro com 23 anos estava assustado com um problema da escola, fui mãe, irmã, amiga, ficou bem.
O que recebo é tão gratificante que me enche de vida, no pior saliento que me esqueço desde sempre de mim. Também sou humana com altos e baixos, sofro de paixão intensa sem retorno.Quem eu quero não me quer a mim. Tal é possível? Mas é!
Verdade nua e crua. Logo eu prestável para todos, disponível, amiga.
Má sorte este feitiço que entrou em mim há 2 anos e teima não sair. Mas vai sair, garanto!
  • Olha minha amiga, mas isso que acabas de referir, de dar lições e depois precisares delas para ti isso é perfeitamente normal. Nenhum médico se cura a ele próprio,quanto ao amor, tudo é possível. Não percas as esperanças.Porque lá diz o provérbio que quem espera sempre alcança, e tu vais alcançar podes ter essa certeza.O que estiver destinado a ti há-de a seu tempo aparecer. Podes crer.Eu confio no teu potencial!
Bom demais para acreditar, é a minha sina. O pior é o que sofro e a amargura que sinto a todo o instante, e queria tão pouco...acho, ou não? Espero vir a melhorar desta maleita que me arrasa a cada dia que passa.
Ok minha amiga, por hoje já foi bom este bocadinho, espero te sintas bem melhor do que meia hora atrás, fica bem com muita esperança porque a vida tem sempre muitas surpresas...
Foi bom desabafar contigo. Agradeço-te por isso. Nada que um bom banho daqueles que deixam pele vermelha com a água a escaldar. Adoro, pena o desperdício de água. Que fazer se o prazer que me dá é abismal, surreal, demoníaco.
Tu és fantástica com os teus prazeres,adoro as tuas expressões. Desfruta o teu banho.
Aprende também a saborear , vais ver que ficas fã.
  • Não te disse no domingo fui almoçar a uma tasca a Algés depois de ir à feira de velharias. A mesa corrida tinha 3 homens, um todo gaiteiro estava doido com a empregada com as meias de renda subiam acima da anca, estava maluco. O outro tipo cabrito mais culto dizia que tinha 5 raças nos genes e dirigindo-se a mim...a menina tem 38 anos, bem como está um bocadinho ruborizada, bebeu vinho e já tem umas marcas( simpático não disse rugas) tem 40 anos...ri-me e disse tenho 52 anos. Responde ele - não pode ser é tão jovem.
Coisas quando se bebe demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog