sexta-feira, 5 de março de 2010

Falar sobre escapulários

Interessante relembrar os Escapulários.
Segundo a Wikipédia-,trata-se de um pedaço de pano que envolve integralmente os ombros de quem o veste. O tecido varia em forma, cor, tamanho e estilo, dependendo do uso para o qual foi produzido, nomeadamente para atividades monásticas ou de devoção. 
A foto mostra a sua original forma de Abba Antão do Deserto vestido de escapulário marron.
Quando estive no colégio religioso -, As Salesianas no Monte Estoril, aos domingos ia a pé com outra colega ao Mosteiro em Alcabideche das Irmãs Carmelitas buscar ovos. 
O ritual à chegada era beijar o Escapúlário da Irmã que devia ser da Ordem a que pertenciam. Nada mais que um adorno tipo fita larga do comprimento do hábito e da mesma cor, usado por cima deste que oscilava com o andar dela .Lembro que o tecido era grosso, tipo serrubeco, recordo a aspereza na minha boca quando o beijava... 

São famosos escapulários de Nossa Senhora do Carmo, do Sagrado Coração de Jesus
Quanto à protecção das criancinhas, o que me lembro em miúda era de usar um alfinete cravado na camisola interior ou combinação com o Augus Dei, medalhinhas de santinhos e um corno tudo para afugentar o Diabo e sei lá mais o quê. 
Gosto de Santos.Tenho recuperado alguns que compro nas feiras.Adoro engalana-los com fitas de seda.
No convento de Moncorvo as freiras tem o hábito de oferecer um a quem as visita.
A talhe de louca  comparação adorei ver a águia do Benfica no voo  majestoso com as patas engalanadas de fitas em seda, igualzinho aos meus Santinhos...

SENDO  a GE, do SPORTING! Coisas para Pensar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog