quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A sorte grande só saí a quem arrisca!

Maria arrumava a cozinha quando o telefone irrompe no silêncio do som forte, doce e quente do Abrunhosa. Às pressas limpas as mãos, na saleta atende a mãe que numa voz baixa lhe confidencia -, saiu-me o euro milhões... Maria perante tal notícia inusitada insiste e pergunta de novo, o quê -, ela repete em voz baixa, saiu-me o euro milhões...Maria suspende a respiração e em calma aparente diz-lhe -, não saiu nada, viste mal, senta-te, enquanto abro o computador para vermos a chave sorteada.
Irrompe a mãe numa voz baixa no desenrolar da  sua manhã chuvosa -, no posto onde fiz o boletim do euro milhões pedi a chave com os números sorteados ao chegar a casa ao conferir o boletim reparei que eram os meus, estava rica, o  euro-milhões era meu...
Maria pergunta à mãe o número do sorteio -, já no site da Santa Casa verifica o sorteio, quase em simultâneo a mãe diz-lhe, enganei-me, conferi um boletim errado, fiz confusão com o papel que sai da máquina...Maria confirma de novo a chave vencedora que não é a que a mãe achava certa, conforta-a de novo por sentir nela a voz trémula, triste, e desconsolada pela precipitação, arranjando palavras para apaziguar tal desaire e desnorte da loucura do sonho antigo em querer ser rica, dizendo-lhe -, não te apoquentes um dia acontece, ainda bem que me ligaste, fato que registo com agrado tal cuidado, revela que tens confiança em mim, só por isso valeu a pena...Remata a mãe, imagina se eu doida com os milhões telefonava para o posto para mais saber, o gozo que seria, pior o boato que se gerava, ou dissesse à tua irmã que não tardaria me destronar das minhas faculdades mentais perante os amigos numa próxima festa, então não sabemos como é uma excelente atriz na arte do escárnio, gozo  e maldizer...Maria continua no conforto das palavras, naquilo a mãe diz-lhe -, ainda bem que não me saiu, não saberia o que fazer com os milhões...Maria responde-lhe, então não sabias, para isso estou cá eu que fui gestora, fica sabendo que na Santa Casa  hoje há consultores financeiros que orientam os milionários a fazer aplicações de risco coerentes, atendendo ao passado em que muitos milionários investiram mal a sorte grande e se deixaram ludibriar por maus conselheiros com aplicações de risco elevado, no pior pensavam que o dinheiro não tinha fim -, em pouco tempo, sem saber como, voltaram muitos deles a experimentar de novo a pobreza... Eis que a dilacerou ao auge o apetite de gestora  que sentia ao rubro, tal como o de conselheira, e desalmadamente remata sem dó nem piedade -, mas antes davas um milhão a cada filha, outro aos netos, o resto punhas a render, passarias a viver do rendimento dos juros, apesar das taxas serem baixas seria mais do que suficiente para viveres. Cuidavas do look, fazias um lifting ao rosto, ao corpo, compravas um apartamento na cidade que mais gostas, contratavas uma governanta para te fazer companhia, apagar a solidão na tua vida, tomava conta da lida doméstica,  que fosse fluente em  línguas com carta de condução para te conduzir onde quisesses e claro viajar e porque não arranjar um namorado? 
Mal tinha acabado o pensamento confidencia-lhe sorrateiramente -, não contratava ninguém, ias tu comigo, pagava-te era a ti! Sabes Maria, quando cega teimei ver os números que não estavam no boletim o meu pensamento não arredava pé do sonho em só querer ajudar as minhas filhas, sobretudo a ti que tiveste tão pouca sorte, na alegria de te trazer para junto de mim, rica filha!
Finalmente ambas se riem com o inusitado da falsa sorte grande!
Maria atrevida ainda deixa a retórica final -, com  duas apostas gastas 4 € e ficas habilitada para  os dois sorteios da semana, uma boa ideia grátis, sempre mais vale estares habilitada para dois do que um!
A mãe ainda lhe diz em voz baixa...mas de caminho com esta idade se me sair já não gozo nada...diz-lhe a Maria -, então não gozas, ainda agora num programa da TV saíram 50.000 € a uma senhora com mais de 80 anos, que ficou bem contente .
Seja para ela ou para os dela, será sempre uma grande ajuda, o que é preciso é que saia!
Porque a sorte grande só saí a quem arrisca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog