terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Tais semelhanças a fez lembrar do seu amor...zangado!

Paixão desenlaçada em enlaces!
Maria sente-se desanimada, amarga sem esfriar a vontade de amar e ser amada.  
Chorar é por vezes um bom remédio para descarregar todas as tristezas que se carregam no peito, por isso ela não deve sentir vergonha de "abrir a torneira" de vez em quando e soltar o cúmulo de  energias negativas.
Mas que lhe adianta estar assim em baixo?
Resolve alguma coisa? 
Então, há que se animar e lembrar-se que é muito mais fácil viver com confiança, porque o amanhã vai ser bem melhor. 
Porque vai -, mal dela se não acredita!
  • Maria acordou na manhã cinzenta  com chuva miudinha, o seu estar chochinho, desalegre...
Toma o seu café, olha as horas -, apressa-se com  a brilhante ideia de ir aos saldos, para refrescar as ideias. E foi. Encantou-se com  vestidos, lingerie, cosmética, e ainda almoçou no shoppingJá em demanda enquanto esperava no átrio pelo transporte sentiu um olhar demorado de cavalheiro alto, cabelos grisalhos, bem parecido -, tais semelhanças a fez lembrar do seu amor...zangado!
Admirador que se coloca estrategicamente na varandim a olhar para ela sentada no átrio, atenção dispensada que se revela contínua até ela se encaminhar para a saída...
Maria apreciou a atenção demorada -, malandra, através das lentes brancas dos óculos dele destingiu olhar castanho doce, que a há-de acompanhar até se acomodar, com os sacos no transporte, e partir...
  • Maria gostou, há que tempos não sentia o descanso de atenção tão acentuada!
De coração partido...adorou o flirt do admirador...mas  sente uma necessidade de trazer à superfície as emoções mais ocultas  que podem significar que é tempo de as assumir. Sabe das suas fragilidades, dos seus medos, das suas mágoas, que só podem ser curadas depois de ter tomado consciência delas, no melhor de as aceitar. 
  • Sentimentalmente fragilizada, sente que algumas coisas fundamentais lhe estão a escapar, não sabe ao certo o que está a acontecer em relação aos sentimentos de alguém que lhe é mui especial. 
Nesse pressuposto está disposta a sacrificar a estabilidade da sua relação para saber com o que pode contar, ou seja, vai exigir uma definição.
  • O que ela gostaria mesmo-, é que fosse ele a tomar a iniciativa!
Maria espera, independentemente de quem seja a iniciativa, que seja  muito surpreendente e positiva a boa conversa!
Maldito hiato de muitas dúvidas no longo namoro que este mês celebra quatro anos ...
Urge tempo de colocar algumas situações em ordem, de arrumar a vida, através de verdades que vêm ao de cima tomando decisões importantes  que devem ser tomadas,  com calma e equilíbrio.
  • o resulto final espera sinceramente, que vão ficar finalmente esclarecidas, e assim avançar com segurança, e plenitude no revalidar do relacionamento.
Afinal a  justiça nos sentimentos...Maria merece ser feliz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog