terça-feira, 1 de abril de 2014

Mesmo de cabelos brancos és uma boneca...

 
A manhã acordou de chuvisco  mas ainda assim o dia fez-se lindo de sol radioso apesar de algumas nuvens escuras a circundar a serra da Arrábida.Seguramente não via a feira de velharias tão grande há coisa de 8 anos -, talvezr ser o 5º sábado, sem feiras noutras terras, com isso muitos feirantes novos...
Havia público que desfilava pelo certame, já de compras todos se queixavam do mesmo, tardava alguém  em se estrear. Uma mala saco em plástico, pintada com os símbolos portugueses;Camões, Torre de Belém, Elétrico amarelo, Fado do Malhoa e,...Disputada por várias mulheres. Uma delas voltou atrás na deixa de desconto porque acabara de comprar outra de marca  CC nos chineses por 1 €...Neguei o pedido alegando o estado novo pelo que teve de pagar 5€ -, a piada é que lhe dei opinião de dobrar a outra, e a pôr dentro para a encher, e assim com ela desfilar, o que de imediato aceitou despedindo-se  airosa -, ninguém em Setúbal tem uma mala igual a esta, nem imagina as que tenho em casa e sapatos...


Passei-me pelas bancas de boina preta de veludo com pena de pavão que mereceu muitos elogios-, pelo ar de artista.Comprei uma travessa de Cantão Popular no Flávio, e um conjunto de minúsculos azulejos pintados à mão, apareceu-me um homem com dois no bolso, tinha o resto no carro ...Outro de saladeira inglesa na mão estalada queria 3€, dei-lhe um...
Sentada atrás da banca e nada de se vender, tal como os colegas dos lados:Carlos e o Ilídio e outros se queixavam.Uma mala de cartão pequenina que comprara para revestir a papel ou pano e arranjar as  ferragens, ao tentar fazer negócio com o Paulinho que é artista, sei a vai deixar como nova, vem ao meu encalço com um conjunto de marmitas em cobre com crivos , alumínio, e a tampa de latão com etiquetas de laboratório "não és tu que gostas de coisas de arqueologia..."  fez-se a troca.
  • Gente que mexia e remexia nos colares de missangas e ninguém os levou!
Um casal de gays procurava cortinas de 80 cm...Mostrei-lhe um par de panos em algodão sedado em creme de corpo em lavrados a damasco com bainhas em ajur  -, no instante desprestigiadas  e não deviam, pela altura que deveriam ter 70 cm...Por certo ficariam lindas na janela sendo apenas presas em cima...
A gravura de Lisboa antiga mereceu vários olhares. Um casal achou estranho as cúpulas de términos finos da muralha e das igrejas a lembrar a Flandres...Seria o pintor italiano que as pintou ao gosto da sua terra?
A feira de Estremoz acabada por volta das duas da tarde alguns feirantes passam por Setúbal. Fui encontrada pelo Carlos e pela esposa Maria de Lurdes, trocamos conversa sobre o "falso prato ratinho com a figura do homem de calças listradas" na banca doutro colega, que estive com ele na mão na feira  Algés, o que evidencia foi entregue por ser vendido como verdadeiro tratando-se de falsificação. Claro, só mesmo quem seja  totalmente desconhecedor nesta loiça se deslumbra com o brilho dos verdes a lembrar o cobre, porque o feitio  do prato em jeito de bacia não obedece à abertura  normal por ser demasiado direito depois do covo, e alto, de massa muito consistente, mais pesado, e o tardoz com o craquelê evidencia cautela, para não falar que não há marcas nem dentro nem no fundo das trempes, sendo que há gente que sabe pormenores, e outras que vão devagarinho aprendendo, antes já vi uma bacia e um prato provavelmente saíram da mesma olaria, e não os comprei porque algo neles me dizia que eram estranhos, sem ainda saber que deles faziam falsificação, porque é disso que se trata, sendo feito agora-, voltei a afirmar é falsificado sim, porque sendo reprodução deve ser assinado, e no caso foi premeditado lixar rebordos para aparentar velho...
  • Ficou de bico calado, e nesse jeito se despediu de mim com beijo em bico que não aprecio, muito menos bigodes!
O meu marido almoçou uma mão de vaca bem cozidinha com meia litrada na tasca dos Passarinhos.
Eu como de costume levei o meu farnel que me soube que nem ginjas.
Uma senhora vestida carregada de vermelho vivo pelo casaco e pelas beiças apreçou de tarde um conjunto de cálices de cristal, que antes do natal os quis comprar e o marido desvalorizou não terem espaço em casa...Ao passar na feira de novo os viu, esperta mais adiante abandonou o marido entretido a ver outras coisas, chega-se a mim e pede-me desconto, expliquei que não podia, respondeu que não tinha o dinheiro todo e não estava para ir ao multibanco, a que respondi, ora é li em frente, pois é ,mas tenho de atravessar a estrada, desanda em jeito de ir embora mas logo dá meia volta e de novo a pedir desconto...
Neste estar disse-lhe, só posso tirar um euro, a que ela me responde -, está bem, já dá para a missa. 
Depois haveria de os ver passar os dois, já ele com o saco pelas mãos...

No estaminé de chão do Luís havia um prato grande com um galo que me dizia ser de Coimbra-, peguei nele, mirei-o e disse-lhe: olhe por isto, aquilo, e mais isto, induz fabrico de Aveiro, apesar de Coimbra também ter pintado galos, mas nada tem haver com este formato emproado, ainda lhe digo mais, a fábrica Cavaco de Gaia também pintou muito este tipo de galo...
 Olhou surpreso para a companheira com ar de homem seja pelo estar hipiee, andar direito, abomina soutien -, sabes quem me disse, o João da Carla...Ora respondi eu, mas que sabe ele senão fumar, conversar de tudo e de nada e beber?
O prato apesar de esbeiçado no rebordo, o vendeu. Tinha uma travessa Bordalo Pinheiro no feitio de espargos também esbeiçada, mas de fácil restauro.
Namorei uma travessa de esmalte em azul com figuras ao centro, tinha umas esbeiçadas pretas, quando passei ao meio da manhã para beber um café já tinha sido vendida.
  • No melhor os piropos dos Paulinhos...
O que conheço há mais tempo de andar apressado e chapéu à artista de cabaret na curva me dirige olhar  travesso..." mesmo de cabelos brancos és uma boneca..."
Já outro vindo do café, a que chamo cawboy  pelo uso do chapéu  de voz sofrega "posso dirigir-lhe um apontamento? A senhora é mesmo 100% , fixe, muito bonita, não há nada na feira que se lhe compare..."
Obviamente me deixaram melhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog