domingo, 6 de julho de 2014

Quinta de São Pedro no Pragal

A Quinta  de São Pedro também conhecida pelo Guarda Mor-,  identifica -se na paisagem pelo interessante frontão barroco, com nicho ao centro -, supostamente onde estaria a imagem do Santo, que deu o nome à quinta, encimando o portão de entrada, provavelmente do século XVIII. 
Foi propriedade de Carlos Maia, conhecida figura republicana, continuando ainda na posse da família, o que na região dita este nome como é conhecida. 
  • A quinta foi dividida ao meio  para a construção da auto-estrada do sul de acesso à ponte 25 de abril. 
  • Tinha capela que não existe.
Apenas existem dependências de lavoura  na frontaria, o celeiro e outros cómodos.
  • A casa primitiva da quinta  por estar exatamente no sítio onde passa hoje a autoestrada foi destruída.
Na altura feita uma nova entre os portões da frontaria da estrada do Casquilho -, o secundário , passagem de animais e lavoura, e o da residência .
A nova casa térrea de simetria em quadrado dela  se avista o telhado e duas chaminés, ainda a poente uma janela com grades.
Portão entre o celeiro e a nova casa
Continuação de cómodos com portas e janelas entaipadas no tempo, apenas esta com grade se mantêm.
Belo quadro do portal  ladeado com argolas para se prenderem as bestas e palmeiras do jardim
a foto em baixo tirada com uma boa máquina em contraste com a minha em 2010 em baixo
Fotografei no dia do meu aniversário de 2010
Foto de julho 2014
Pois no nicho só está o pedestal-, "quedê o Santo?"
Portal como se apresenta hoje, com uma palmeira morta no jardim, a tinta verde da madeira desapareceu quase na totalidade, e meteram uma travessa para não forçarem a entrada
Vista da quinta a poente onde foi decetada

Vista da quinta a sul com outro belo portal que possivelmente fechava a parte residencial com o jardim do campo de lavoura

No jardim ainda é visível um painel de azulejos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Arquivo do blog