domingo, 12 de janeiro de 2014

Ruínas na Costa da Fonte a leste dos Escampados em terras de Ansião

Sempre conheci esta casa abandonada a caminho das duas propriedades de família -, ladeada por dois caminhos, que dão acesso às duas.Em miúda subíamos a serra pelo carreiro com passagem na pedreira para saltar o muro da nossa propriedade na serventia do munho, que no tempo derrubamos umas pedras. Nos últimos anos o assoreamento do caminho a seguir à Fonte da Costa  com o plantio de um eucliptal que retirou o trilho do caminho na opção que nos levava à estrada. Na verdade esta encosta da serra tinha a nascente e a poente entrada e no costado era carreiro.
Caminho a poente que vem do costado da serra da Costa da Fonte
    Costa
    A casita que sempre conheci fechada, porque no meu tempo os donos emigraram para a Rodésia nos anos 50 -, país que anos mais tarde mudou de nome...Suazilândia. Andei na escola primária com as filhas do casal-, Arlinda e Gracinda. Cheguei a ir à casa da avô delas no Escampado da Lagoa. Eram muito queridas e boas amigas. Perdi-lhes o rasto...pior foi saber que a Arlinda já faleceu. Há uns anos a propriedade com o quintal cheio de montinhos de cascalho foi vendida. O novo dono fez muros de tijolos de cimento na frente na estrada, agora asfaltada, mas deixou os postes na parte de dentro...Parte da casa entretanto caiu, o rebordo do poço perdeu a graça da pedra... 
    Ruínas onde  me deslumbra ainda  o belo!
    Para mais tarde relembrar!

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Seguidores

    Arquivo do blog